SIPCAM   SIPCAM
 
SIPCAM FERNIDE WG X FECHAR JANELA SIPCAM

APV n.º 0141
Formulação: pó molhável com 80% (p/p) de tirame.
Modo de acção: fungicida de superfície com acção preventiva.


CONDIÇÕES DE APLICAÇÃO


Culturas

DoenÇas
(Conc. aplicAÇÃo)

RecomendAÇÕes

Ameixeira

Pessegueiro

Cancro

(200-300g/hl)

Tratar no início, meio e fim da queda das folhas e repetir ao entumescimento dos gomos.

Ameixeira

Amendoeira

Cerejeira

Damasqueiro

Ginjeira

Pessegueiro

Crivado

(200-300g/hl)

Tratar à queda das folhas, ao entumescimento dos gomos. Repetir até ao vingamento do fruto quando as condições climáticas forem favoráveis ao desenvolvimento da doença. No damasqueiro realizar uma ou mais aplicações durante a floração.

Ameixeira

Amendoeira

Cerejeira

Damasqueiro

Ginjeira

Pessegueiro

Moniliose

(200-300g/hl)

Tratar ao entumescimento dos gomos. Repetir até ao vingamento do fruto quando condições climáticas forem favoráveis ao desenvolvimento das doenças. No damasqueiro realizar uma ou mais aplicações durante a floração.

Ameixeira

Amendoeira

Cerejeira

Pessegueiro

Lepra

(200-300g/hl)

Tratar à queda das folhas, ao entumescimento dos gomos, e repetir, sempre que o tempo decorra húmido ou chuvoso, até ao vingamento dos frutos.

Pereira

Macieira

Pedrado

(200-300 g/hl)

Seguir as indicações do Serviço de Avisos. Na sua ausência realizar aplicações preventivas desde o aparecimento da ponta verde das folhas e repetir até ao vingamento dos frutos, se as condições climatéricas favorecerem a doença.

Durante a floração, tratar só cultivares em que esta se prolongue ou quando existam condições favoráveis à evolução da doença. Repetir à queda das pétalas, ao vingamento dos frutos. A persistência biológica do produto é de 7-10 dias, em função da pressão da doença.

Moniliose

(200-300 g/hl)

Macieira

Podridões dos frutos

(200 g/hl)

Efectuar a aplicação 35 dias antes da colheita, para garantir uma boa conservação dos frutos.

Pereira

Estenfiliose

(200-300 g/hl)

Os tratamentos devem ser efectuados após o vingamento dos frutos em condições favoráveis à doença: presença de inóculo e condições de humidade elevada.

INTERVALO DE SEGURANÇA:
. 14 dias em ameixeira, cerejeira, ginjeira.
. 35 dias em macieira, pereira.
. 42 dias em damasqueiro, pessegueiro.
. 150 dias em amendoeira.

N.º máximo de aplicações: 
. 3 em ameixeira, amendoeira, cerejeira,ginjeira, damasqueiro e pessegueiro; 
. 4 em macieira e pereira, após o fim da floração.
. Não efectuar mais aplicações com produtos que contenham substâncias activas do grupo dos ditiocarbamatos (mancozebe, metirame, propinebe ou zirame) autorizados para a cultura em causa.


PRODUÇÃO INTEGRADA:


Permitido.

CAPACIDADE DAS EMBALAGENS:


200 g, 20 kg.


OUTRAS INFORMAÇÕES:
Ficha Técnica (download ficheiro PDF)
Ficha de Segurança (download ficheiro PDF)