SIPCAM   SIPCAM
 
SIPCAM BLAURAME X FECHAR JANELA SIPCAM

APV n.º 2429
Formulação: pó molhável com 50% (p/p) de cobre, sob a forma de oxicloreto de cobre.
Modo de acção: fungicida de superfície com acção preventiva.

CONDIÇÕES DE APLICAÇÃO


Os tratamentos devem ser efectuados de acordo com o Serviço de Avisos. Na falta deste, seguir as recomendações seguintes:

CULTURAS

DOENÇA
(CONC. APLICAÇÃO)

ÉPOCA DE APLICAÇÃO

Videira

Míldio

(300–600 g/hl)

Aplicar apenas nos dois últimos tratamentos.

Macieira
Pereira

Pedrado e Moniliose

(400–600 g/hl)

Realizar uma aplicação no estado de repouso vegetativo usando a concentração mais elevada. Este tratamento é desnecessário em macieira quando se pretenda combater unicamente o pedrado. Tratar ao aparecimento da ponta verde das folhas usando a concentração mais baixa. Se necessário, prosseguir os tratamentos com um fungicida homologado para esse período, como por exemplo, FOLTENE ou FUNGITANE.

Cancro ou Nectria

(500–1000 g/hl)

Fazer 3 tratamentos respectivamente no início, meio e fim da queda das folhas. Em casos graves, repetir a aplicação ao entumescimento dos gomos, usando a concentração mais baixa.

Ameixeira
Amendoeira
Pessegueiro
Cerejeira

Lepra e Crivado

(400–1000 g/hl)

Realizar uma aplicação à queda das folhas usando a concentração mais elevada. Repetir ao entumescimento dos gomos usando a concentração mais baixa. Se necessário, prosseguir os tratamentos com um fungicida homologado para esse período, como por exemplo, o FERNIDE.

Damasqueiro

Crivado

(400–1000 g/hl)

Citrinos

Míldio,

Alternariose e Pinta Negra ou Queimado (Pseudomonas syringae)

(300–600 g/hl)

Iniciar os tratamentos no Outono, quando se verificar um abaixamento da temperatura e surgirem as primeiras chuvas fortes. Repetir a intervalos de 3-4 semanas enquanto o tempo decorrer frio e húmido. Normalmente são suficientes 3 aplicações: meados de Novembro, fins de Dezembro e princípios de Fevereiro. As aplicações devem ser efectuadas pulverizando bem o tronco e as abas das árvores.

Oliveira

Gafa, Cercosporiose e Olho de Pavão

(400–500 g/hl)

Realizar o primeiro tratamento antes da queda das primeiras chuvas outonais. Se as condições climáticas decorrerem favoráveis ao desenvolvimento das doenças, repetir o tratamento passadas três semanas.

Nespereira

Pedrado

(400–600 g/hl)

Iniciar os tratamentos um pouco antes da floração. Repetir à queda das pétalas e sempre que as condições climáticas e a evolução da doença o justifiquem, a intervalos de 2 a 3 semanas até ao início da mudança da cor dos frutos.


INTERVALO DE SEGURANÇA:


7 dias.


PRODUÇÃO INTEGRADA:


Permitido.


MODO DE PRODUÇÃO BIOLÓGICO:


Permitido.


CAPACIDADE DAS EMBALAGENS:


400 g, 25 kg.


OUTRAS INFORMAÇÕES:
Ficha Técnica (download ficheiro PDF)
Ficha de Segurança (download ficheiro PDF)