SIPCAM   SIPCAM
 
SIPCAM SIPFOL MAX X FECHAR JANELA SIPCAM

Composição: nutriente biológico para aplicação por via foliar com base em aminoácidos líquidos e solúveis.

Aminoácidos livres

        12,0%(p/p)

Matéria orgânica total

40,0% (p/p)

MACROELEMENTOS:

 

Azoto (N) total

9,5% (p/p)

Azoto (N) orgânico

7% (p/p)

Azoto (N) ureico

1,6% (p/p)

Azoto (N)amoniacal

0,8%(p/p)

Óxido de magnésio (MgO)

3% (p/p)

MICROELEMENTOS:

 

Boro (B)

0,2% (p/p)

Cobre (Cu)

0,001% (p/p)

Ferro (Fe)

0,13% (p/p)

Manganês (Mn)

0,12% (p/p)

Molibdénio (Mo)

0,001% (p/p)

Zinco (Zn)

0,055% (p/p)




CARACTERÍSTICAS:


. O SIPFOL MAX, em virtude do seu conteúdo em aminoácidos e azoto orgânico, constitui um meio nutritivo e estimulante de rápida acção sobre as plantas, independentemente da sua função clorofílica, já que rapidamente passa à seiva elaborada sendo imediatamente utilizado no desenvolvimento das plantas. Por esta razão, o SIPFOL estimula a indução floral, favorece o vingamento, aumenta os calibres, melhora a consistência, antecipa a maturação dos frutos.

. O SIPFOL MAX, pelo seu conteúdo em magnésio, facilita a absorção e o transporte do fósforo no período da floração, contribui para aumentar a resistência das plantas às condições adversas (geada, granizo, fitotoxicidade, etc.) e evita as carências graves deste elemento.

. O SIPFOL MAX, pelo seu conteúdo em enxofre, favorece os processos respiratórios das plantas favorecendo a síntese natural de alguns aminoácidos (cistina, cisteína, meteonina), assim como a formação de vitamina B1 e dos óleos essenciais; estimula a divisão celular e a formação de clorofila.

. O SIPFOL MAX, pelo seu conteúdo em microelementos, permite manter o equilíbrio necessário entre eles em relação às exigências das plantas.

. O SIPFOL MAX, pelo seu pH (aproximadamente de 6), possui um elemento penetrante e tamponizador melhorando também as caldas ou águas utilizadas nas pulverizações.

. O SIPFOL MAX, pelo seu poder aderente, não necessita de ser aplicado com molhantes.


CONDIÇÕES DE APLICAÇÃO

Culturas

Concentração/dose de aplicaÇÃo

RecomendaÇÕes

aplicaÇÃo foliar

FertirrigaÇÃo

Videira

100 ml/hl

20 ml/planta

Antes da floração.

150 ml/hl

10 ml/planta

Ao pintor.

Fruteiras

300 ml/hl

20 ml/planta

Antes da floração.

200 ml/hl

10 ml/planta

Na floração.

300 ml/hl

30 ml/planta

Queda das pétalas.

Plantas ornamentais

100 + 200 + 300 ml/hl

1 + 1 + 1 ml/m2

3 tratamentos no início da nova rebentação e os dois restantes a intervalos de 20 dias.

Tomate
Pimento
Beringela

150 ml/hl

1 ml/m2

8-10 dias após a transplantação ou quando a planta tenha 10-15 cm de altura (sementeira directa).

200 ml/hl

2 ml/m2

Ao aparecimento da primeira flor em cada ramalhete.

Alface
Couve
Bróculo

100 ml/hl

1 ml/m2

10 dias após a transplantação ou quando a planta tenha 10 cm de altura (sementeira directa).

200 ml/hl

1 ml/m2

Três aplicações com 15 dias de intervalo.

Citrinos

200 ml/hl

20 ml/planta

50 a 100% das pétalas caídas.

150 ml/hl

Durante o mês de Julho.

300 + 100 ml/hl

30 ml/planta

Em princípios de Setembro e cerca de 10 dias depois (antes da mudança de cor).

Morangueiro

300 ml/hl

2 ml/m2

Ao aparecimento das primeiras flores.

200 + 200 ml/hl

1 ml/m2

Mais duas aplicações com 15 dias de intervalo.

Oliveira

100 ml/hl

10 ml/planta

À floração.

200 ml/h

10 ml/planta

Ao vingamento dos frutos.

100 ml/hl

10 ml/planta

À mudança de cor.

Cebola
Alho

100 ml/hl

1 ml/m2

Aos 8-10 cm de altura.

200 + 200 ml/hl

1,5 ml/m2

Mais duas aplicações a intervalos de 20 dias.

Melão
Melancia
Pepino
Abóbora

100 ml/hl

1,5 ml/m2

No estado de 3 folhas.

300 + 200 + 100 ml/hl

1,5 ml/m2

Antes da floração, no vingamento e no engrossamento dos frutos.

Feijão
Ervilha
Fava

200 ml/h

Ao aparecimento das primeiras flores.

200 ml/h

A meio da vida da cultura.

Batateira

150 ml/h

1,5 ml/m2

Aos 10-20 cm de altura.

250 ml/h

1,5 ml/m2

20-25 dias após a primeira aplicação.

Trigo
Cevada
Arroz

1 l/ha

Entre o afilhamento e o encanamento.

1,5 l/ha

No começo do espigamento (estado M-N).

1 l/ha

Em presença de condições adversas (seca, excesso de humidade, pragas, doenças, etc.).

Milho

2 l/ha

1,5 ml/m2

Plantas com 25-50 cm de altura.




OBSERVAÇÕES:
Aconselha-se a aplicação do SIPFOL MAX em todas as culturas afectadas por qualquer causa externa: geada, granizo, seca, encharcamento, fitotoxicidade, etc.


PRECAUÇÕES:
Não misturar o SIPFOL MAX com óleos insecticidas e sais de cobre, nem ultrapassar as doses recomendadas nas misturas com enxofre em culturas sensíveis. Não aplicar em ameixeiras nem em culturas ornamentais para flor de corte sem previamente testar a sua reacção.


CAPACIDADE DAS EMBALAGENS:
1 l, 5 l, 20 l.


OUTRAS INFORMAÇÕES:
Ficha de Segurança (download ficheiro PDF)